Coquetel anti-ressaca

…em homenagem ao carnaval de rua do Rio, que já começou (socorro!)…

Em primeiro lugar, preciso dar uma explicadinha sobre o que é, de fato, uma ressaca.
O álcool é hipoglicemiante e desidrata, isso sem falar no efeito tóxico no fígado em si. Dito isso, fica fácil concluir que a ressaca nada mais é que uma baita hipoglicemia com pressão baixa e desidratação. Isso derruba qualquer um! Fica fácil de concluir também que, pra resolver esses problemas, precisamos repor glicose, água e sais (ou pelo menos sódio). Taí a base do coquetel anti-ressaca.

Vamos lá:
– 300ml de suco de fruta (de laranja é legal) beeeem gelado
– 200ml de água beeeeem gelada
– 2 col. de sobremesa rasas de açúcar
– 1 pitadinha de sal

Chegou em casa da folia, manda um desses pra dentro, devagarzinho, aos golinhos, e vai descansar.

Outras diquinhas que podem ser úteis:
– Antes de se jogar na bagunça, faça uma refeiçãozinha leve. Pode ser um sanduíche de queijo minas, uma salada bem fresquinha, ou mesmo um prato de comida, mas com pouca gordura. A gordura faz a digestão ficar lenta e, se a pessoa mandar ver na bebida com o estômago pesado, pode bater meio mal, ainda mais nesse calor horroroso;
– Durante os dias intensos de carnaval, tenha sempre à mão muita água e gatorade. É bom comprar um estoquezinho e levar pelo menos uma garrafinha com você.
– Cerveja não mata a sede. Quer beber, bebe, mas sede só se mata com água (sucos diluídos, mate e afins). E a sede já é um sinal de desidratação, se mandar álcool por cima, o estrago pode ser grande.

Bom, é isso aí.
Autodestruição com responsabilidade!


Salada de lentilha com rúcula

Um dos meus alimentos preferidos é a lentilha. Uma leguminosa maravilhosa rica em fibras e muito versátil. Dá pra fazer feito feijão, feito sopa, feito salada…E, como estamos no verão, segue uma receitinha de salada de lentilha com rúcula que eu faço um bocado aqui em casa. Fácil, prática e deliciosa!

Ingredientes:

– 500g de lentilha seca
– 1 ou 2 dentes de alho amassado
– cerca de 1 colher de sobremesa de óleo
– folhinhas de louro
– rúcula
– azeite extra-virgem a gosto
– sal e ervinhas a gosto

Modo de preparo:

Refogar com alho e óleo (pouco) a lentilha seca (gosto da Yoki), acrescentar água até cobri-la, sal à gosto (pouco, né? Melhor faltar do que sobrar…), louro e acompanhar o seu cozimento até ficar macia, mas não mole desmanchando. É bom ir adicionando a água aos poucos e deixando secar para que não sobre na panela.
Como sou currymaníaca, tempero com um pouco de curry e ervinhas de provence, mas cada um pode temperar como quiser. Fica melhor quando temperamos ainda na panela, com ela fervendo.
Quando estiver pronta, deixe esfriar,  tempere com azeite extra-virgem e adicione as folhas de rúcula desfiadas. Com pedacinhos de muzzarela de búfala também fica bom.

Algumas explicações sobre as leguminosas
Ao contrário do que muita gente pensa, feijões não “engordam” nem são indigestos. São alimentos ricos em fibras e proteína, que saciam e fazem muito bem ao intestino. São amigos de quem está precisando emagrecer e de diabéticos por possuírem baixo índice glicêmico. Isso significa que sua digestão lenta e tranquila vai liberando a glicose aos poucos no nosso sangue, impedindo nossa glicemia (taxa de açúcar no sangue) de oscilar. O resultado disso é que nos mantemos saciados por um bom tempo depois da refeição e não temos quedas bruscas de glicose no sangue, o que poderia nos fazer devorar guloseimas ferozmente quando a fome chegasse.

Então, podem abusar da saladinha de lentilha!