Do lar

Tá, eu assumo: gosto de cuidar da minha casa. Não a ponto de fazer disso um hobby, mas gosto. Claro que tem funções que eu detesto, como lavar louça (o maridinho cuida dessa parte), mas o fato é que gosto de ter sob o meu controle a higiene e organização do ambiente em que eu vivo. Além disso, nossos amplos 50 e poucos metros quadrados tornam a presença de uma terceira pessoa faxinando a casa algo um tanto confuso, que reservamos para quando a situação está crítica. Como temos o dia a dia corrido como a maioria, as coisas têm que ser práticas por aqui.
Segue, então, uma listinha de produtos e dicas que fui juntando ao longo desses 4 aninhos de vida de gente grande (do alto de meus 1,55m):

– Uma dica que acho até meio básica, mas que nem todo mundo faz, é ter duas esponjas diferentes na pia. Deixo uma azul para os copos e xícaras e outra amarela para o restante da louça. Isso impede, por exemplo, a desagradável surpresa de pegar um copo pra beber água e sentir cheiro de alho.
– Passar uma aguinha rápida na louça que você acabou de usar, mas não tem tempo de lavar imediatamente, diminui a mão de obra depois.
– Conselho meu: tirou um pote ou panela da geladeira com comida velha pra liberar a área, jogue fora a comida imediatamente e lave o pote. Se deixar pro dia seguinte aquela ex-comida pode virar algo muito assustador.
–  Deixo sempre no banheiro uma escovinha para limpar o chuveiro, outra pra limpar a pia (exclusivas para estes usos) e um detergente específico. Tenho usado até um do bem pra essa função, o Bio Wash Limpa Banheiro. Bom, do bem e cheirosinho.
Ah! As escovinhas eu deixo penduradas naqueles ganchinhos auto-colantes. Aliás, uso esses ganchinhos pra várias coisas por aqui. São ótimos.
– Toalha de papel e álcool são amigos.
– Pra limpar o chão da casa de forma fácil e rápida uso um negócio chamado Hiperclean, que torna completamente dispensável o balde com água e pano de chão. Nele prende-se o perfex ou daquelas toalhas de papel mais resistentes e aí é só borrifar uma solução detergente no chão e esfregar. Mole mole.
Aqui em casa temos animais (pássaros), então não dá pra sair usando produtos de limpeza, pois eles são sensíveis a cheiros fortes. Aliás, eu também sou. Detesto cheiro de detergente, por isso sempre escolho os do bem ou com cheiro fraco. O detergente que usamos para a limpeza geral da casa aqui é um de uso veterinário que diluo em 1L de água e deixo em um borrifador sempre à mão.
– Descobri recentemente como deixar o sofá de couro branco com cara de novo: é só usar essa esponginha aqui! Umedeço ela numa solução de água com sabão líquido, daqueles de banho mesmo, e vou esfregando o sofá com a parte branca da esponja. Fica perfeito!
– A moça da tinturaria me ensinou que não se deve lavar roupa colorida com sabão em pó, o ideal é usar sabão de coco líquido. Obedeci, né?
– Guardar os alimentos em potes vidro (tipo marinex com tampa) é melhor do que guardar e potes de plástico, pois estes arranham e podem reter resíduos e bactérias nos arranhões. Fora que os de vidro são bem mais bonitinhos.

Bom, acho que é isso…
Quem quiser colaborar com mais algumas diquinhas do lar, comenta aí!

Anúncios


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s